Moções apresentadas em sede de ENDA

Nos dias 9 e 10 de setembro o movimento académico nacional voltou-se a reunir para mais um Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA). Desta vez na Universidade do Minho, em Braga, foram discutidos os temas mais prementes da política educativa do ensino superior.

Entre os vários plenários, dedicados à Ação Social, Metas 2020 - Pós 2020, Financiamento e Organização do Sistema de Ensino Superior, foram também eleitos os representantes dos Estudantes nos diferentes órgão nacionais para os quais são convocados.

No plenário de medidas conjuntas, a APEF foi proponente em conjunto com a Federação Académica de Lisboa (FAL), a Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM) e Federação Nacional das Associações de Estudantes de Enfermagem (FNAEE) da moção "Centros Académicos Clínicos – Uma alteração no paradigma do pensamento da Ciência em Portugal", na qual se procura esclarecer o enquadramento da criação destes centros, a criação da Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica e ainda a reivindicação da presença de estudantes nos diversos órgãos que os compõem.

Em conjunto com a ANEM e a Associação Académica de Lisboa (AAL), foi ainda proponente da moção "Por um Planeamento em Saúde que permita uma Formação de Qualidade". Nesta moção reivindicamos uma monitorização das saídas profissionais dos recém-graduados, transversalmente a todas as áreas da saúde, para que os recursos humanos em saúde possam ser alvo de um planeamento a longo prazo que assegure a qualidade e a sustentabilidade.

Consulta ambas as moções, clicando nos links acima.

Qualquer contributo não hesites em contactar-nos através de apef@apef.pt