Contacte-nos

A APEF tem a sua sede social na Rua António Cândido número 154, 4200-074 Porto.

Para nos contactar utilize o formulário à direita ou remeta a sua correspondência online para o seguinte e-mail: apef@apef.pt

Para mais informações, consulte a página Quem Somos.

Caso queira contactar um departamento/membro do executivo/outro Órgão Social em particular, consulte a página Órgãos Sociais.

Nome *
Nome

Rua António Cândido, 154
4200-074 Porto
Portugal

A Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia, adiante designada por APEF é uma associação sem fins lucrativos, representativa dos interesses dos Estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas (MICF), representados pelas suas Associações/Núcleos de Estudantes Membros efectivos da APEF.

COMUNICADO - EUROPEAN MEDICINES AGENCY (EMA)

COMUNICADO - EUROPEAN MEDICINES AGENCY (EMA)

Associação Portuguesa Estudantes de Farmácia

A emergente saída do Reino Unido da União Europeia acarreta, entre várias consequências, a mobilização das instituições europeias sediadas neste país para outros Estados-Membros.

Entre estas encontra-se a Agência Europeia do Medicamento (European Medicines Agency – EMA), instituição europeia responsável pela avaliação científica, supervisão e monitorização da segurança dos medicamentos na União Europeia e no Espaço Económico Europeu.

Portugal, à semelhança de vinte outros países, surge como um dos Estados-Membros que manifestou o interesse de acolher a EMA no seu território, preparando desde cedo a sua candidatura e encetando conversações com o estado inglês para conhecer em detalhe as necessidades de relocalização da agência. Sendo evidentes os benefícios diretos e indiretos para o país, nomeadamente ao nível do desenvolvimento económico e científico na área da Saúde, impera uma união de esforços para que esta realidade se concretize.

É do entendimento da APEF que uma candidatura forte e bem-sucedida significará mais uma vitória nacional e representará, a médio-longo prazo, um conjunto de novas oportunidades para o setor da Saúde em Portugal. 

Assim, os estudantes de Ciências Farmacêuticas portugueses, futuros Farmacêuticos, congratulam o governo português pela iniciativa e demonstram o seu empenho nesta missiva, reiterando a importância da união nacional, independente de interesses regionais que possam interferir significativamente com a candidatura.

Porto, 15 de junho de 2017

P’la Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia