Futuro Suspenso - Debate

No próximo dia 18, a partir das 14h na Casa da Música, o CNJ promove um debate entre jovens acerca de alguns dos temas que podem deixar o nosso #futurosuspenso: acesso à profissão, habitação, discriminação de género ou preconceito racial são alguns dos temas que vão ser debatidos com vários convidados.

Ainda posso escolher o que quero ser quando for grande? Estudar o que desejo ou que me garante uma saída profissional? Emigrar é a única solução? Existe um mercado de possibilidades fora do alojamento local? Tenho de ir para a periferia? Comprar ou arrendar? Que soluções? Que apoios locais e nacionais existem? O meu género compõe o meu vencimento? Estamos perto da igualdade plena? Quais os desafios legislativos e sociais? O que falta construir para incluir? Estas são as perguntas que vão encontrar resposta.

Para muitos dos jovens adultos a realidade do dia-a-dia em Portugal apresenta um padrão de dificuldade: dificuldade em encontrar trabalho, quando têm a sorte de encontrar um trabalho muitas vezes é com vínculos precários e mal pagos (sem opções com qualquer segurança ou suporte social) e quando ambicionam ter um filho, constituir família ou ter a sua própria casa deparam-se com uma labirinto de novos obstáculos e uma teia complexa que os afastam dos seus direitos.


Sonham, estudam, trabalham, participam na vida democrática e nos movimentos cívicos. Têm direitos no papel, exigem-lhes todos os dias o cumprimento dos seus deveres, mas a efetivação dos direitos previstos não é fácil. Muitos não vivem, vão sobrevivendo - num panorama que não tem fim à vista, com um futuro suspenso.


Quer por isso o Conselho Nacional de Juventude debater estas questões no Futuro Suspenso, procurando algumas pistas para solucionar os principais entraves no acesso aos direito: o direito à profissão, à habitação e à igualdade e não discriminação. Vem ajudar-nos a encontrar as soluções!

Para os vários painéis de debate o CNJ convidou várias instituições, que têm a finalidade de responder às diversas perguntas que aqui se levantam e a tantas que surjam durante o debate e nas redes sociais. Quanto aos temas centrais serão eles: o acesso à profissão, a habitação e as discriminações na sua plenitude, tudo dentro do contexto da sociedade jovem portuguesa.

Podes encontrar toda  a informação necessária no evento do facebook, aqui!