Contacte-nos

A APEF tem a sua sede social na Rua António Cândido número 154, 4200-074 Porto.

Para nos contactar utilize o formulário à direita ou remeta a sua correspondência online para o seguinte e-mail: apef@apef.pt

Para mais informações, consulte a página Quem Somos.

Caso queira contactar um departamento/membro do executivo/outro Órgão Social em particular, consulte a página Órgãos Sociais.

Nome *
Nome

Rua António Cândido, 154
4200-074 Porto
Portugal

A Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia, adiante designada por APEF é uma associação sem fins lucrativos, representativa dos interesses dos Estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas (MICF), representados pelas suas Associações/Núcleos de Estudantes Membros efectivos da APEF.

Farmácia

Código Deontológico da Ordem dos Farmacêuticos

Artigo 6º

Conteúdo

Integram o conteúdo de acto farmacêutico as seguintes actividades:

  1. Desenvolvimento e preparação da forma farmacêutica dos medicamentos;

  2. Registo, fabrico e controlo dos medicamentos de uso humano e veterinário e dos dispositivos médicos;

  3. Controlo de qualidade dos medicamentos e dos dispositivos médicos em laboratório de controlo de qualidade de medicamentos e dispositivos médicos;

  4. Armazenamento, conservação e distribuição por grosso dos medicamentos de uso humano e veterinário e dos dispositivos médicos;

  5. Preparação, controlo, selecção, aquisição, armazenamento e dispensa de medicamentos de uso humano e veterinário e de dispositivos médicos em farmácias abertas ao público, serviços farmacêuticos hospitalares e serviços farmacêuticos privativos de quaisquer outras entidades públicas e privadas;

  6. Preparação de soluções anti-sépticas, de desinfectantes e de misturas intravenosas;

  7. Interpretação e avaliação das prescrições médicas;

  8. Informação e consulta sobre medicamentos de uso humano e veterinário e sobre dispositivos médicos, sujeitos e não sujeitos a prescrição médica, junto de profissionais de saúde e de doentes, de modo a promover a sua correcta utilização;

  9. Acompanhamento, vigilância e controlo da distribuição, dispensa e utilização de medicamentos de uso humano e veterinário e de dispositivos médicos;

  10. Monitorização de fármacos, incluindo a determinação de parâmetros farmacocinéticos e o estabelecimento de esquemas posológicos individualizados;

  11. Colheita de produtos biológicos, execução e interpretação de análises clínicas e determinação de níveis séricos;

  12. Execução e interpretação de análises toxicológicas, hidrológicas e bromatológicas;

  13. Todos os actos ou funções directamente ligados às actividades descritas nas alíneas anteriores.

Código Deontológico da OF

 

O ato farmacêutico revela uma profissão complexa e multidisciplinar onde vemos os pilares fundamentais da farmácia nas suas vertentes comunitária e hospitalar aqui explanados.

Tendo sempre em conta que a profissão de farmacêutico é uma das mais antigas da humanidade e cujo o exercício é complexo, é importante termos sempre presente as bases fundamentais do pleno exercício da profissão.