Contacte-nos

A APEF tem a sua sede social na Rua António Cândido número 154, 4200-074 Porto.

Para nos contactar utilize o formulário à direita ou remeta a sua correspondência online para o seguinte e-mail: apef@apef.pt

Para mais informações, consulte a página Quem Somos.

Caso queira contactar um departamento/membro do executivo/outro Órgão Social em particular, consulte a página Órgãos Sociais.

Nome *
Nome

Rua António Cândido, 154
4200-074 Porto
Portugal

A Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia, adiante designada por APEF é uma associação sem fins lucrativos, representativa dos interesses dos Estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas (MICF), representados pelas suas Associações/Núcleos de Estudantes Membros efectivos da APEF.

Famácia Comunitária

Perspetiva Histórica

De boticário a farmacêutico, da preparação oficinal de medicamentos na botica à sua dispensa em farmácia, de farmácia/botica propriedade de farmacêutico/boticário à propriedade livre, entre outras, a farmácia comunitária atravessou por vários períodos de mudança e transição ao longo da história. Compreender os diversos sistemas é importante para concluir quais as melhores decisões que pode o farmacêutico comunitário tomar e dignificar a profissão.

A Profissão

São várias as funções do farmacêutico comunitário no exercício da sua profissão. Conhecê-las permite um melhor desempenho no exercício da profissão e um reconhecimento do árduo trabalho por parte da população.

É prática farmacêutica:

  • Literacia em Saúde;

  • Orientação farmacêutica;

  • Atendimento farmacêutico;

  • Interpretação da prescrição médica e dispensa;

  • Acompanhamento farmacoterapêutico;

  • Registo sistemático das atividades, medição e avaliação dos resultados;

  • Entre outros.

Perspetivas Futuras e Desafios

Cabe ao farmacêutico comunitário dignificar a profissão e enaltecer o trabalho comunitário que presta, pois é a farmácia a primeira unidade de acesso na rede de cuidados de saúde primários.

Para além disto, desafiam-se os profissionais a reinventarem a profissão, diferenciando-se sem nunca esquecer os pilares bases da mesma.